Utilizando os sistemas de gestão ISO como base para gestão estratégica organizacional

De acordo com o site Infomoney, uma nova pesquisa do IBGE revelou que a pandemia de coronavírus foi responsável pela falência de 522,7 mil empresas.  O estudo mostrou ainda que 1,3 milhão de negócios estavam com as suas atividades paralisadas na primeira quinzena de junho, sendo que o setor de serviços foi o que mais registrou fechamentos nesse período. ⠀

Infelizmente, como podemos notar, muitas empresas sofreram os impactos negativos em seus negócios em decorrência do COVID-19 e estão lutando para continuar a conduzir suas atividades, na expectativa de uma recuperação mais consistente neste segundo semestre.

No entanto, entendemos o quão complexo é empreender num país como o Brasil, com as altas taxas de impostos e a atual conjuntura do mercado, no qual muitos empresários esperavam melhoras no início de 2020.

Como um sistema de gestão pode interferir nesse cenário?

De acordo com o Inmetro e pela ISO Survey 2018, o Brasil possui cerca de 30.000 empresas certificadas nas normas ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade e ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental, tidas como as normas mais populares do mercado.

Mas quanto dessas empresas efetivamente utilizam essas normas como base de gestão estratégica para conduzir os seus negócios?

Nas organizações que possuem a certificação ISO e que também foram iminentemente impactadas em seus negócios, podemos constatar exemplos de uma boa base de gestão de seus negócios. Essa base pode contribuir para superar este período de turbulência de forma estruturada e planejada, o que garantirá uma retomada de seus negócios muito mais eficiente e assertiva.

Isso porque, quando uma organização utiliza um sistema de gestão baseado na norma ISO, como por exemplo a norma ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade, ela passa a trabalhar com pilares de gestão baseados no conceito do ciclo PDCA (PLAN, DO, CHECK e ACT), conceitos de Gestão de Riscos, além de diversas outras maneiras de definir uma base estruturada na gestão dos negócios.

Powered by Rock Convert

Por que a própria ISO utiliza no nome “Sistema de Gestão”?

Simples, pois um “sistema de gestão” adota o controle do gerenciamento dos processos de gestão, operação e apoio, adotando a visão de toda a organização, suas atividades inter-relacionadas, seus clientes e fornecedores internos e externos, atrelado a uma boa performance na entrega de resultados

Infelizmente muitas empresas fazem uma leitura errada da implantação da norma ISO, como algo isolado, setorial, departamental.

Essa é uma falha muito comum na implementação de um sistema de gestão, pois quando utilizamos uma base de gestão estruturada para o negócio, temos que olhar o negócio como um todo, analisar os riscos da operação, oportunidades, necessidades e expectativas das partes interessadas (stakeholders).

Ao olhar para o negócio como um todo, a implantação de um Sistema de Gestão possibilitará estruturar a base estratégica, de forma que o planejamento e replanejamento sejam dinâmicos.

Com uma visão de reinvenção e inovação do Sistema de Gestão, as empresas têm uma base para tomada de decisão muito mais assertiva. Todas essas características citadas dão às empresas condições de atravessar crises, por mais inesperadas que sejam.

Referências

Fonte:   https://certifiq.inmetro.gov.br/Grafico/CertificadosValidosBrasil

Fonte:   https://www.infomoney.com.br/negocios/sem-ajuda-do-governo-pequenos-empreendedores-usam-doacoes-e-auxilio-emergencial-para-pagar-contas/

Compartilhar
Rodrigo F. Riquelme
Rodrigo F. Riquelme

Consultor, Auditor e Palestrante especialista em sistemas de Gestão ISO, atua há mais de 16 anos no mercado. Atualmente é diretor executivo da Strategics Consultants, empresa especializada em Gestão Estratégia de Negócios, Gestão em Sistemas de Qualidade e Processos em diversas normas ISO. A Strategics é referência de qualidade e confiabilidade, com profissionais que desenvolvem soluções que auxiliam na obtenção de metas de negócios e boas práticas de governança corporativa.

Deixe seu comentário

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba por e-mail novos conteúdos sobre Requisitos Legais, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Responsabilidade Social.