ISO 9001: As principais informações que você precisa saber sobre o Sistema de Gestão de Qualidade

É bem provável que você já tenha visto em um jornal, embalagem de produto de limpeza, rótulo de alimentos, ou até mesmo na cabine de um caminhão um símbolo com um selo descrito ISO 9001.

Pois então, você sabe o que isso significa?

Primeiramente, importante destacar que a palavra ISO é a sigla do termo inglês “International Organization for Standardization”, traduzida para o português como Organização Internacional de Normalização. Referida organização tem sede na cidade suíça de Genebra e existe há cerca de 70 anos. É destinada a padronizar determinadas normas, a fim de que essas sejam utilizadas em qualquer país que vier a adotá-la.

No Brasil, é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) o órgão responsável por recepcionar e aprovar as normas ISO em território Nacional.

A ISO 9001, amplamente utilizada no Brasil, é responsável por dispor sobre o sistema de gestão de qualidade. Ou seja, se um produto ou objeto possuir este selo, quer dizer que sua produção/fabricação recebeu o certificado ISO de qualidade.

Mas, para que você leitor possa entender melhor qual a grande importância deste selo, neste artigo vamos nos dedicar a explanação dos principais pontos que levam a ISO 9001 a ser a norma de gestão mais procurada no mundo das empresas.

Qual a origem da ISO 9001?

Baseada em uma norma Britânica, denominada BS5750, a ISO 9001 foi criada no remoto ano de 1987, afim de corrigir várias deficiências existentes naquela norma que lhe deu origem.

Junto da norma, foi criado também o famoso selo de qualidade, tão visto por aí, o qual passou a ser o símbolo oficial da norma em referência.

A ISO 9001 foi criada para garantir a qualidade de produtos e serviços, e a certificação das empresas junto a esta norma dá a elas inúmeras oportunidades dentro do mercado econômico, como, por exemplo, o aumento da exportação.

Funcionalidades e princípios da ISO 9001

Fala-se que a ISO 9001 é a mais utilizada no mundo em razão de sua abrangência e de sua importância no mercado econômico.

Um dos principais intuitos desta norma é assegurar à empresa que nela se certificar o aumento da eficiência na produção de seus produtos e serviços, bem como garantir que esta eficiência siga este produto ou serviço até o momento em que este é entregue ao consumidor final.

Powered by Rock Convert

Além do mais, uma empresa que siga os padrões de qualidade determinados pela ISO 9001 acaba por otimizar todos ou a grande maioria de seus processos internos.

E quais são os principais princípios que norteiam esta norma tão importante no mercado de trabalho? Vejamos:

  1. Envolvimento de pessoas: um bom sistema de gestão de qualidade dispõe de uma equipe de trabalho unida e envolvida com todos os processos da desta gestão, sendo este um dos principais recursos da empresa;
  2. Abordagem de Processos: é indispensável que os funcionários tenham uma íntima relação com as tarefas que são executadas no setor em que trabalham. Além do mais, é indispensável que se conheça a relação entre a entrada e saída de todos os processos do setor, bem como da oferta de recursos, a fim de que toda atividade seja sempre bem executada;
  3. Abordagem Sistêmica para a Gestão: Todos os setores da empresa devem ser vistos como um sistema única, de forma que cada setor interaja com o outro, de maneira a facilitar a avaliação e organização de cada um;
  4. Foco no Cliente: Todo o processo produtivo do produto deve ser focado em atender o cliente de maneira que este fique satisfeito;
  5. Liderança: a Liderança dentro dos setores e da empresa em geral, deve ser sólida e conhecedora de todos os processos existentes em seu setor. Além do mais, um líder deve sempre oferecer ferramentas suficientes para que seus liderados trabalhem da maneira mais eficiente possível;
  6. Benefícios Mútuos na relação com os Fornecedores: os fornecedores devem ser vistos como parceiros da empresa. Além do mais, deve ser lembrado sempre que prazos e preços oferecidos pelos fornecedores contribuem, e muito, na qualidade final dos produtos e serviços;
  7. Abordagem Factual para a tomada de decisões: um bom sistema de qualidade possui um sistema de indicadores e passa por auditorias importantes periodicamente. Assim, através da análise de todos esses fatores, os gestores terão vários índices e documentos para analisar e verificar os prováveis riscos e oportunidades da empresa, e a partir daí, tomar decisões importantes que podem mudar o rumo da empresa.

Como implantar a ISO 9001?

O mais indicado é a contratação de um consultor especializado no assunto e que conheça a fundo as regras estabelecidas pela ISO 9001.

Assim, uma vez implantado o sistema de gestão, é hora de fazer acontecer: colocar em prática todas as regras e princípios contidos na norma.

Em segundo momento, após a implantação e funcionamento do sistema de gestão, realiza-se uma auditoria interna para averiguar quais são os pontos falhos no sistema, a fim de que a empresa possa corrigi-los antes de serem auditados oficialmente pelo órgão certificador.

Por fim, é chegada a hora: um organismo certificador (como a ISO) visitará a empresa para realizar a chamada auditoria de certificação e, caso tudo esteja conforme estabelecido pela ISO 9001, aquela empresa recebe a certificação e poderá passar a utilizar-se do selo de qualidade ISO 9001 em seus produtos e serviços.

Quais os benefícios de certificar-se na ISO 9001?

São inúmeros os benefícios trazidos por esta certificação, dentre os quais cabe-nos destacar os seguintes:

  • Confiabilidade: com o selo ISO 9001, os produtos da empresa passam confiança ao consumidor final, o que, obviamente, aumenta a procura deste produto no mercado;
  • Reconhecimento Internacional: uma empresa certificada junto a ISO de qualidade com certeza está um patamar a cima no cenário econômico internacional, já que esta questão chama a atenção de grandes empresas estrangeiras que, obviamente, preferirão importar produtos das empresas que possuem o selo de qualidade;
  • Melhoria do desempenho do serviço/produto: um bom sistema de qualidade cria padrões dentro da empresa, facilitando a manutenção da qualidade dos produtos e serviços, independentemente do dia, ou da presença e ausência de mais ou menos funcionários em um setor;
  • Investimentos assertivos: Tendo processos mais seguros dentro da empresa, os investimentos tornam-se mais assertivos, já que o empreendimento se solidifica, permitindo a aposta em investimentos mais seguros.

E no que o AmbLegis pode te ajudar?

Ter bom sistema de gestão de qualidade significa que a empresa deve possuir um eficiente sistema de gestão dos requisitos legais sobre o tema. O AmbLegis oferece esta gestão para você!

O AmbLegis é um software interativo e de fácil manuseio que oferece aos usuários relatórios de requisitos legais personalizados de acordo com a realidade de suas empresas e de seus fornecedores.

E, através de indicadores ilustrativos, o sistema ajuda você a demonstrar no momento da audiência que sua empresa realiza o correto gerenciamento dos requisitos legais aplicáveis às suas atividades, o que é indispensável para alcançar a tão sonhada certificação junto às organizações oficial.

Venha conhecer nossos serviços! Clique aqui e solicite um orçamento e uma demonstração grátis!

Compartilhar

Deixe seu comentário

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba por e-mail novos conteúdos sobre Requisitos Legais, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Responsabilidade Social.