7 maneiras efetivas para gerenciar os riscos em sua empresa

Riscos são fatores internos e externos que causam incertezas em qualquer tipo de empresa. Essas incertezas, aliadas a uma má gestão, podem acarretar grandes prejuízos para os negócios.

Assim, a melhor forma de lidar com essa questão é executar um gerenciamento efetivo e capaz de medir e controlar os riscos, evitando que eles atinjam o caixa da empresa ou mesmo os seus colaboradores.

Mas como fazer isso? Antes de responder essa pergunta, é preciso saber o que é gestão de riscos.

O que é o gerenciamento de riscos?

Gerenciar os riscos é o mesmo que conhecer a empresa como um todo, verificar seu potencial e também as suas falhas. Ou seja, ter controle sobre todas as situações que podem afetar a sua empresa.

Podemos dizer que toda organização possui objetivos e metas a serem alcançadas, assim, o gerenciamento dos riscos é o mesmo que criar e cumprir um planejamento estratégico.

A norma ISO 31000, é voltada para gestão de riscos e fornece diretrizes abrangentes para que as organizações possam ser beneficiadas. Por se tratar de uma norma internacional ISO, as empresas que a seguem tornam-se bem vistas e qualificadas.

Assim, de acordo com a ISO 31000, um bom gerenciamento de riscos em uma organização inclui:

  • Criar e proteger valor;
  • Ser parte integrante de todos os processos organizacionais;
  • Constituir-se parte da tomada de decisões;
  • Expor incertezas;
  • Focar nas melhores informações disponíveis;
  • Sopesar os fatores humanos da organização;
  • Ser transparente e inclusiva;
  • Ser dinâmica, interativa e capaz de reagir a mudanças;
  • Facilitar a melhoria contínua da organização.

Qual a importância de se obter o gerenciamento de riscos?

Assim como nós seres humanos, as empresas possuem personalidade, ou seja, dentro da sociedade elas também estão vivas e possuem seus direitos, bem como suas obrigações e estão sujeitas a todos os efeitos do mercado.

Sabendo disso, os administradores têm o desafio diário de gerar valores às partes interessadas. Muitas empresas são abertas diariamente, então como torna-la bem vista pelo público e permanecer no mercado diante de tanta concorrência e transformação?

É nesse momento que entra a importância de se obter um bom gerenciamento de riscos, uma vez que o mesmo permitirá uma minimização dos efeitos negativos, e maximizará as oportunidades, agregando mais valores à organização.

A aplicação do gerenciamento permite calcular as ameaças, avaliar os riscos e estabelecer planos de ação para equilibrar tudo isso, sem levar a empresa a sofrer danos e percas que podem ser evitados.

Como aplicar o gerenciamento de riscos na empresa?

Depois de analisado com clareza o que é o gerenciamento de riscos, vamos descobrir as maneiras de implantá-lo, alavancando a empresa e melhorando seu negócio.

Powered by Rock Convert

1. Identificação e classificação dos riscos

Antes de tudo, é necessário conhecer e identificar os riscos que a empresa está vulnerável, podendo ser internos (financeiro, ambiental, social, tecnológico, etc.), ou externos (macroeconômico, ambiental, social, tecnológico, legal). Identifique de acordo com sua organização, quais eventos podem lhe causar ameaças.

2. Gestão de pessoas

Um bom gestor sabe que são as pessoas que formam a empresa, que colaboram constantemente para o crescimento do negócio, uma vez que são seres pensantes. Sabendo disso, analise sua gestão de recursos humanos e aposte em uma equipe de qualidade, um pessoal que tire as ideias do papel e transforme em prática.

3. Controle de finanças

Escolha um bom profissional que saiba gerenciar as finanças da empresa, pois evitará que a mesma caia em armadilhas do cenário econômico que cada vez mais torna-se caótico. Obtenha uma visão estratégica, invista em cursos administrativos, contábeis e financeiros.

4. Invista na clientela

Reveja como anda a comunicação com seus clientes, eles são importantíssimos, é a razão de ser do seu negócio! Vale a pena investir no conhecimento dos clientes e capacitar uma equipe voltada para as vendas, liderança e gestão de equipes.

5. Invista em novas tecnologias

Atualmente as novas tecnologias simplificam muito os trabalhos que antes eram complexos. Você tem investido em tecnologias para facilitar o dia a dia de seus colaboradores e aumentar a produtividade das demandas? Vale a pena investir no melhor que o mercado tecnológico tem a oferecer.

6. Investimento em novos projetos

O cenário do mercado atual exige uma visão estratégica para planejar e executar projetos, a fim de reduzir riscos, custos e implementar projetos neste ambiente altamente complexo.

7. Aquisição em conhecimentos

Investir em conhecimento atualmente é uma das melhores ferramentas para uma empresa crescer e se desenvolver. Desta forma, já pensou em aplicar cursos aos seus colaboradores voltados para a atividade empresarial que desenvolve em seu negócio. Pense bem, pois empresas grandes são construídas com pessoas capacitadas para isso, logo quanto melhor for a sua equipe melhor serão seus resultados.

Conclusão

Na jornada de uma empresa, ou de um empreendedor, correr riscos é algo que faz parte de sua rotina, afinal empreender constitui buscar retorno econômico-financeiro em meio a um universo de oportunos desvios

A diferença está em como você e sua empresa estão aparelhados para administrar os riscos do caminho. Mais ainda, em como está a competência de tomar decisões com a agilidade que o assunto merece.

Como podemos ver, não existe um único manual a ser seguido que vai lhe garantir todo o sucesso empresarial, mas vimos que existe o gerenciamento de riscos, que torna a gestão da empresa mais eficaz e menos vulnerável aos riscos que pode vir a sofrer.

Lembre-se que o gerenciamento de riscos que você aplicar ao seu empreendimento deve estar ligado ao planejamento estratégico para que ele não passe apenas de ideias criadas em um pedaço de papal.

Investir na empresa, é investir no futuro!

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre o assunto, entre em contato com o AmbLegis e agende uma demonstração exclusiva para o seu negócio. Atuamos em todas as áreas envolvendo o meio ambiente, saúde e segurança do trabalho, responsabilidade social, segurança alimentar, marítima entre outros.

Compartilhar

Deixe seu comentário

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba por e-mail novos conteúdos sobre Requisitos Legais, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Responsabilidade Social.