Uso sustentável de paletes: Legislações aplicáveis e o sistema de gestão ambiental

Paletes (originária da palavra inglesa “Pallet”, que significa plataforma) são espécies de estrados de madeira, cuja origem frequentemente é de árvores como eucaliptos ou Pinus.

Atualmente, estes estrados são utilizados em grande escala em empresas e indústrias em geral, no auxílio da armazenagem e movimentação de cargas e mercadorias. Os paletes servem de base para que uma grande quantidade de produtos seja carregada de uma vez só por determinado maquinário, como por exemplo, uma empilhadeira.

Em razão de tratar-se de ferramenta de trabalho que demanda uso de recursos naturais importantes (madeira) para ser produzido, os paletes vêm sendo alvo de várias políticas ambientais relevantes, cujo principal objetivo é tornar o uso deste insumo o mais sustentável possível.

E como podemos tornar sustentável o uso de Paletes nas indústrias?

Em tempos passados, dizer que uma empresa reutilizava materiais e insumos era sinônimo de falta de qualidade ou um sinal de instabilidade econômica. No entanto, com os problemas ambientais crescentes no mundo atual, hoje em dia o estabelecimento que reutiliza certos produtos, a fim de tornar seu uso mais sustentável, ganha respeito perante a sociedade, além de estar colocando em prática um dos principais princípios de uma boa Política Ambiental: a sustentabilidade.

Desta forma, nos dias atuais, as indústrias que possuem um Sistema de Gestão Ambiental Eficiente utilizam-se das seguintes técnicas para tornar mais sustentável o uso de paletes em suas atividades:

1. Recuperação de Paletes

Por se tratarem de estruturas que sofrem danos facilmente, os paletes eram descartados em grandes quantidades pelas empresas, ato que gerava diversos problemas ambientais, tais como: aumento significativo no volume de resíduos industrias e aumento na depredação de recursos naturais madeireiros, já que a cada palete descartado, era colocado um novo no lugar.

A fim de amenizar os impactos ambientais causados pelo amplo descarte destes insumos, algumas empresas fazem a recuperação destes paletes, por meio de oficinas montadas em suas próprias dependências, ou através de fornecedores especialistas neste trabalho.

Assim, através de técnicas de recuperação empregadas na madeira, o palete que sofreu dano em sua estrutura e perdeu sua utilidade, volta a ser um insumo útil nas atividades da empresa.

2. Logística Reversa

Outra ação que vem tomando força no mercado é a prática de logística reversa de paletes.

Muitas empresas estão empenhadas a incentivar o retorno de paletes usados e danificados aos estabelecimentos em que foram inicialmente distribuídos. Assim, no local, eles seriam tratados, reestruturadas e prontos para voltarem ao mercado, para serem novamente comercializados e utilizados nas indústrias.

3. Uso de paletes feitos com madeira de reflorestamento

Uma empresa ambientalmente responsável e que tenha um bom Sistema de Gestão Ambiental, conhece a origem dos produtos e subprodutos florestais utilizados em suas atividades.

Utilizar madeira de reflorestamento é uma atitude totalmente responsável, já que este ato acaba poupando a depredação de florestas nativas, bem como incentiva os silvicultores a reaproveitar áreas degradadas por outras culturas e/ou atividades, além de diversos outros benefícios para o meio ambiente.

Powered by Rock Convert

Por isso, é importante que você tenha conhecimento da origem do produto madeireiro utilizado em suas atividades. Afinal, este fator também faz parte para o sucesso da Política Ambiental da empresa!

4. Utilização de paletes de aço ou plástico resistente

Mudar o tipo de palete utilizado na empresa, quando possível, também é um caminho sustentável, afinal, diminuir o número de produtos e subprodutos florestais em sua empresa significa diminuição do uso de um recurso natural valioso: a madeira!

Paletes de aço e plástico resistente já estão sendo vendidos no mercado e podem ser eficientes se usados dentro de suas limitações de uso.

Consequências relevantes causadas pelo uso sustentável dos paletes

Pode não estar visível no primeiro momento, mas utilizar paletes de madeira de maneira sustentável traz inúmeros benefícios positivos para o meio ambiente!

Qualquer dos atos acima mencionados é capaz de gerar os seguintes impactos:

  • Diminuição do desmatamento de florestas nativas;
  • Conservação de espécies da fauna que vivem nas florestas nativas;
  • Economia de água e energia elétrica utilizados na fabricação de um palete novo;
  • Redução da emissão de gases do efeito estufa em razão diminuição da queima de combustíveis fósseis utilizados na extração e transporte da madeira utilizada na fabricação de novos paletes.

Assim observamos como uma atitude simples dentro de sua empresa pode render benefício de grande escala e significância para o meio ambiente. Eis aí o motivo pelo qual o uso sustentável de paletes dentro da indústria é tido como um ponto positivo durante as auditorias e/ou fiscalizações ambientais.

Paletes e a legislação brasileira

São várias as legislações vigentes em nosso país que tratam sobre assuntos envolvendo produtos e subprodutos florestais. Mas os paletes, em específico vem se sobressaindo aos demais insumos e, atualmente, conta com algumas leis criadas especialmente para regrar sua utilização.

Abaixo, listamos algumas das mais importantes:

  • NBR 8252/11 – Especifica Dimensões básicas de paletes, entendidas como as dimensões nominais do lado da face superior.
  • NBR 9193/11 – Esta norma estabelece requisitos para a aceitação de paletes de madeira serrada;
  • Instrução Normativa MAPA nº 32/2005 – Estabelece procedimentos de fiscalização e certificação fitossanitária de embalagens, suportes ou peças de madeira, em bruto, que serão utilizadas como material para confecção de embalagens e suportes, destinados ao acondicionamento de mercadorias importadas ou a exportar.

Conclusão

Atualmente, para se alcançar excelência em termos ambientais, todos os setores da empresa devem cumprir com as obrigações estabelecidas dentro do Sistema de Gestão Ambiental. Afinal, não adianta nada obrigar os funcionários a economizarem água e, ao mesmo tempo, utilizar toneladas de produtos e subprodutos florestais advindos de florestas nativas, por exemplo!

Assim, o consumo sustentável de paletes deve sim ser um objetivo dentro da Política Sustentável estabelecida na empresa, pois, como vimos, o número de benefícios para o meio ambiente é enorme.

Ter uma empresa sustentável pode leva-la longe e coloca-la em patamares altos dentro do mercado de trabalho. Pense nisso!

Gostou do nosso artigo e se interessou em implantar um sistema de gestão ambiental eficiente dentro de sua empresa? Conheça o AmbLegis, uma ferramenta que aponta os requisitos legais ambientais aplicáveis aos seus negócios – as mesmas que são cobrados durante as importantes auditorias ambientais.

Compartilhar

Deixe seu comentário

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba por e-mail novos conteúdos sobre Requisitos Legais, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Responsabilidade Social.